Léa Ferro ~ Arpoador: Contos e Poesias
"A noite é o silêncio que cala o olhar dos amantes!" Léa Ferro 1994
Capa Textos E-books Fotos Perfil Livros à Venda Prêmios Contato Links

Anatomia:

 
Tuas mãos...
Dois ramos de árvore pêndula sobre as folhas brancas
Estreitam-se e lavam-se sobre as montanhas poéticas da pele árdua
Lascívia em teus dedos a enamorar-se dos cristais olhares.
 
Teus lábios...
Duas luas soltas mergulhadas no céu de um desejo ondulante
Como frutas suculentas de estrelas bailantes pelo ar
A serem devoradas, devoradora boca tilintando no luar.
 
Teus olhos...
Raios de luz a caminhar no desfiladeiro tom das cores anoitecidas
Vaga-lumes nas planícies dos seios estremecidos pela brisa beijo
Mares que se derramam no âmago enlouquecido voraz.
 
Tua pele...
Pérolas além das ostras navegáveis que cantam ao saciar
Macias nuvens refletidas sobre as águas do pouso aconchegante
Devota cor nativa que se banha em fogo ao se revelar (amor).
 
 
Léa Ferro.
01-04-2008. 
Léa Ferro
Enviado por Léa Ferro em 05/06/2015
Copyright © 2015. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários
Contos & Poesias
"A mais que a lua seja bela / serás sempre a bela lua!"
Léa Ferro 1994
Arpoador é um site de literatura independente. Se você quiser contribuir financeiramente, realize uma doação em qualquer valor. Obrigada e boa leitura!