Léa Ferro ~ Arpoador: Contos e Poesias
"A noite é o silêncio que cala o olhar dos amantes!" Léa Ferro 1994
Capa Meu Diário Textos E-books Fotos Perfil Livros à Venda Prêmios Contato Links
Entre pétalas e rimas:
__________Léa Ferro
 
Em suas patéticas dores das desilusões
Mantinha vivo algum sonho,
Que renascia com aurora verdejante.
 
Suportava as condenações mundanas do dia
E amargava a despedida,
Nos braços da morte, ao cravar da lua.
 
Morria, acesa, inflamada
Pelos desejos secretos de sua alma
E sorria.
 
A face estendida aos céus,
Calejada dos anos .
Suspirava rios de águas cristalinas.
 
Desventurada,
Tinha por testemunho uma concha do mar
E palavras sussurradas no travesseiro.
 
Beijava sonhos e tomava banho de estrelas
Na madrugada fria, para acalentar o calor
Dos espelhos retratos dos versos das entrelinhas.
 
Beijava as rimas e pétalas,
Como quem beija a boca que deseja
Nos desvãos do ser.
 
Longínquas eram as noites abraçadas pela solidão
Emolduradas na melancolia dos olhos de lua
Que traziam contentamento e enalteciam ternos eclipses.
 
Setembro de 2017
Para Cronópia
Léa Ferro
Enviado por Léa Ferro em 26/09/2017
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários
Contos & Poesias
"A mais que a lua seja bela / serás sempre a bela lua!"
Léa Ferro 1994
Arpoador é um site de literatura independente. Se você quiser contribuir financeiramente, realize uma doação em qualquer valor. Obrigada e boa leitura!