Léa Ferro ~ Arpoador: Contos e Poesias
"A noite é o silêncio que cala o olhar dos amantes!" Léa Ferro 1994
Capa Meu Diário Textos E-books Fotos Perfil Livros à Venda Prêmios Contato Links
Como o distante: 
______________ Léa Ferro

Tão perto, tão longe
Como o distante é longe.
Tão perto, meus olhos, teus olhos,
O teu olhar está tão longe de me ver.

Tão perto e tão longe
O meu olhar te viu, foi sem querer.

Talvez o meu olhar seja demais,
Talvez não queira mais um tanto faz,
Talvez o que agora me refaz... (e já me faz)
Eu sinta tão de perto o estremecer.

Tão perto, tão longe
A tua voz me faz enlouquecer.

Talvez eu seja menos que o mar,
Talvez tanto talvez me falte o ar,
Talvez este tão longe, este tão perto,
Te pareça incerto, neste certo... amar.
Léa Ferro
Enviado por Léa Ferro em 18/01/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários
Contos & Poesias
"A mais que a lua seja bela / serás sempre a bela lua!"
Léa Ferro 1994
Arpoador é um site de literatura independente. Se você quiser contribuir financeiramente, realize uma doação em qualquer valor. Obrigada e boa leitura!