Léa Ferro ~ Arpoador: Contos e Poesias
"A noite é o silêncio que cala o olhar dos amantes!" Léa Ferro 1994
Capa Meu Diário Textos E-books Fotos Perfil Livros à Venda Prêmios Contato Links
devastação:

sinto-me nu.
meu corpo encoberto, co'alma destampada,
à mercê das ações de um tempo vulgar.
tempo fulgás,
repetindo trajetos da história
que deveriam ser apenas relembradas,
jamais repetidas.
que tragédia, reviver as mesmas tragédias.
a fome, indecente
de um povo, tão crente
capaz de hastear tantas bandeiras bélicas
e não ser capaz de perceber
que é o próprio alvo.
não há inocência nos olhos
dos que empunham o metal da morte,
apoiam psicodélicos heróis egocentristas
e escarneiam diante a devastação,
de toda uma geração.

@leaferro 02/02/2020
www.leaferro.com
Léa Ferro
Enviado por Léa Ferro em 05/02/2020
Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários
Contos & Poesias
"A mais que a lua seja bela / serás sempre a bela lua!"
Léa Ferro 1994
Arpoador é um site de literatura independente. Se você quiser contribuir financeiramente, realize uma doação em qualquer valor. Obrigada e boa leitura!