Léa Ferro ~ Arpoador: Contos e Poesias
"A noite é o silêncio que cala o olhar dos amantes!" Léa Ferro 1994
Capa Textos E-books Fotos Perfil Livros à Venda Prêmios Contato Links
canção primeira:

estou vazio de mim
do caos e desordem do meu ser.
minha pele queima de febre
e saudade dos teus olhos.

os teus olhos,
que são como as primaveras
(que eu nunca vi, mas sei existentes)
e invadem-me as tempestades.

meu deserto é noite repleta das águas de te ter.
sou riacho que desce montanhas
e transborda co'as enchentes de tuas palavras,
co'as enchentes das tuas canções.

as tuas canções,
que nunca destoam das minhas
e estremecem as minhas mãos
trazem-me sonhos ao peito árduo.

devoto-me em tua prece,
onde teu desejo é a minha ordem
e minha'alma se aninha gentil
em teu abraço, d'amor.


@leaferro www.leaferro.com
(pour elle) 🌻
Léa Ferro
Enviado por Léa Ferro em 08/06/2020
Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários
Contos & Poesias
"A mais que a lua seja bela / serás sempre a bela lua!"
Léa Ferro 1994
Arpoador é um site de literatura independente. Se você quiser contribuir financeiramente, realize uma doação em qualquer valor. Obrigada e boa leitura!